Saúde se prepara para atendimento de desastres na Copa

0
146

Há pouco mais de quatro meses da Copa do Mundo, profissionais da área médica se preparam em todo o País para o atendimento de eventuais desastres. O treinamento, que aconteceu nas cidades-sede, foi feito também no Hospital das Clínicas da Unicamp, em Campinas, município que vai receber as delegações de Portugal e Nigéria.

Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado, Gustavo Fraga, a ideia é capacitar equipes médicas para o atendimento de urgência e emergência durante o evento esportivo. O trabalho envolve desde os primeiros socorros de um grande número de vítimas até os procedimentos necessários nos hospitais. Ainda de acordo com Fraga, Campinas não está totalmente pronta para lidar com acontecimentos extremos, mas já conta com uma boa estrutura. Por isso, a intenção do curso é mobilizar as unidades de Saúde participantes para que todas sejam capazes de gerenciar acontecimentos deste tipo.

Para o cirurgião do trauma do HC da Unicamp, José Cruvinel, que participou da videoaula, a iniciativa foi necessária devido à falta de investimentos e medidas por parte dos governos. O trabalho, de acordo com ele, envolve a constante atenção dos profissionais, que tem que estar prontos para todo tipo de situação. Além do socorro às vítimas de desastres e acidentes, a preparação também é vista pelos médicos como fundamental para a manutenção do atendimento ao restante da população.

DEIXE UMA RESPOSTA