Campinas confirma 1° caso de zika vírus e investiga seis

0
274

Campinas confirmou o primeiro caso de zika vírus do município. Outros seis suspeitos são analisados. A cidade tem 22 bebês com microcefalia, sendo que três deles possivelmente estão relacionados ao zika. Os dados foram divulgados em coletiva de imprensa da prefeitura, na tarde desta terça-feira (02/02).

O caso confirmado de zika é de um homem de 20 anos. Ele doou sangue no início do ano passado e foi através do Hemocentro da Unicamp que houve a confirmação.

A diretora da Vigilância Epidemiológica, Brigina Kemp, conta que o paciente que recebeu transfusão sanguínea teve alterações laboratoriais que não eram esperadas no quadro clínico.

O Hemocentro da Unicamp já havia confirmado um caso de zika vírus de um doador de sangue, morador de Sumaré, também no interior do estado de São Paulo.

O Diretor da Divisão de Hemoterapia do Hemocentro da Unicamp, Marcelo Adas, reforça que os pacientes que receberam o sangue desses doadores, não tiveram sintomas clínicos da doença. Houve apenas alterações laboratoriais. Por isso, os receptores não entram como casos confirmados da doença.

Na região além desses casos de Campinas e Sumaré, houve mais uma confirmação de zika vírus, no próprio município de Sumaré e também um caso confirmado em Piracicaba.

DEIXE UMA RESPOSTA