Unicamp completa 50 anos e reitor ressalta trajetória vencedora

0
649

Agora no mês de outubro a Unicamp completa 50 anos de existência. Atualmente a universidade conta com os campi em Campinas, Limeira e Piracicaba. No campo da inovação tecnológica, a Universidade atingiu a marca de mil patentes em julho passado.

Cerca de 6 mil ex-alunos da universidade escolheram o empreendedorismo como opção de carreira e abriram empresas, o que representa 7,7% dos estudantes formados nos cursos regulares de graduação e pós-graduação.

Atualmente estão cadastradas mais de 400 empresas-filhas da Universidade, que respondem por um faturamento anual superior a R$ 3 bilhões. O reitor da Unicamp, José Tadeu Jorge preferiu não citar um ou outro trabalho desenvolvido pela universidade ao longo desses anos como destaque mas valorizou a formação de recursos humanos qualificados e preparados para o exercício profissional

Na área hospitalar a Unicamp também é referência. O Hospital de Clínicas e o Hospital Estadual em Sumaré acabam por cobrir uma área de 90 municípios e uma população superior a cinco milhões de habitantes. Tadeu Jorge comentou a diferença que as unidades fazem para a sociedade.

No aspecto financeiro ele ressaltou que a vinculação da arrecadação do ICMS ao orçamento das universidades paulistas foi a responsável pela projeção e destaque que elas tiveram nas últimas décadas.

Segundo ele, isso permitiu que as universidades pudessem estabelecer planejamentos mas sempre admitindo a possibilidade de que um dia a arrecadação poderia cair. E nesse período, que a Unicamp atravessa hoje, o reitor da universidade disse estar usando  a reserva que conseguiu fazer ao longo dos anos

O campus da Unicamp, em Campinas, leva o nome de seu fundador, Prof. Zeferino Vaz, que  viu em 5 de outubro de 1966 a sua instalação oficial no distrito de Barão Geraldo.

DEIXE UMA RESPOSTA