Superlotação no HC da Unicamp piora após PS funcionar 600% acima da capacidade

0
201

O Hospital de Clínicas da Unicamp, em Campinas interior de São Paulo, mantém o pedido para que pacientes busquem outras unidades de saúde, diante da superlotação que piora no local.

O PS Adulto chegou a funcionar no início da semana 600% acima da capacidade. Nesta quinta-feira, no pronto socorro que tem capacidade para 28 macas, eram mais de 70 espalhadas pelos corredores.  O supervisor médico da Unidade de Emergência Referenciada informou que a situação tem se agravado. Segundo ele, as Centrais de Regulação sabem do cenário crítico, mas continuam encaminhando pacientes.

Adeli de Freitas e o casal João e Júlia Panulo relataram a situação dentro do PS.

Além da superlotação no Pronto Socorro Adulto, a ala pediátrica do HC da Unicamp, mantém restrições de atendimentos, diante da saturação dos leitos de UTI infantil. Desde dia 19 de maio, não há vagas disponíveis e o pedido para que bebês e crianças também sejam levados a outras unidades.

A Secretaria de Saúde de Campinas lamenta a situação de restrição de atendimentos, mas destaca os esforços para aliviar os problemas na área da saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA