Ex-militares de Campinas são condenados por maus tratos

0
161

Quatro ex-militares do Exército foram condenados à prisão por maus tratos durante um treinamento no2º Batalhão Logístico Leve de Campinas no ano de 2013. As penas variam de cinco meses a um ano e quatro meses. A maior pena foi a do ex-2º tenente, que desempenhava a função de instrutor chefe do exercício denominado Estágio Básico de Sargento Temporário, Segundo o Tribunal, ele foi condenado a cumprir 1 ano e 4 meses de detenção, com benefício da suspensão condicional da pena pelo prazo de dois anos. Os três ex-3ºsargentos denunciados e que auxiliaram no treinamento também foram penalizados, no entanto, o crime de maus-tratos para eles já prescreveu e o Tribunal declarou, por unanimidade, a extinção da pena.

De acordo com as acusações, os 16 sargentos em treinamento eram obrigados a rastejar no chão do banheiro e submetidos a afogamentos com baldes de água fria. A condenação se deu por unanimidade em 30 de junho e foi divulgada na página oficial do Supremo Tribunal Militar na última terça-feira. A Defensoria Pública da União, que fez a defesa dos acusados, não se pronunciou sobre a decisão. De acordo com a 11ª Brigada de Infantaria Leve de Campinas, o ex-tenente e um dos ex-sargentos eram militares do serviço temporário. Os outros dois ex-sargentos eram profissionais de carreira.

DEIXE UMA RESPOSTA