Com o aumento no preço do combustível, Transurc vai pedir reajuste do subsídio

0
152

A Transurc finaliza um estudo de impacto financeiro provocado pelo aumento do preço dos combustíveis e deve pedir à prefeitura de Campinas um reajuste no preço do subsídio pago às empresas que operam o transporte coletivo. O pedido é motivado pela baixa recorde no número de passageiros e pelo aumento na tributação sobre os combustíveis. A Estimativa da Transurc é de que o gasto com o óleo diesel até o final do ano deve representar um aumento de pouco mais de R$ 5 milhões, além do planejamento inicial previsto para esse fim.

De acordo com o diretor de comunicação da Transurc, Paulo Bardal, nesse momento, o pedido se refere apenas ao subsídio concedido pela prefeitura, para o reequilíbrio das finanças. Ele descartou a possibilidade do custo ser repassado ao usuário do sistema , através do reajuste do preço da passagem.

A Emdec rejeitou a possibilidade de renegociar os valores com a Transurc. Em nota, a empresa municipal informou que o valor do subsídio para o terceiro trimestre do ano, definido pela administração municipal, é de R$ 15 milhões. Ainda de acordo com a empresa, o valor da tarifa de ônibus foi reajustado em janeiro deste ano e prevalecerá durante todo o decorrer deste ano.

DEIXE UMA RESPOSTA