EsPCEx registra aumento superior a 200% no número de inscritos para processo seletivo

0
241

De acordo com dados do Exército Brasileiro, a procura pela carreira militar na EsPCEx, a única Escola Preparatória de Cadetes do país, que tem sede em Campinas, registrou um aumento de 247,11%, nos últimos quatro anos. Entre as razões apontadas para o crescimento tão expressivo é a crise econômica e o ingresso de mulheres na carreira militar, que  começou no ano passado. A concorrência ficou tão grande que a relação candidato vaga para as mulheres supera a disputa por uma cadeira na Faculdade de Medicina da Unicamp. A escola tem 400 vagas para homens e 40 para mulheres.
Em 2017 a relação de candidato por vaga foi de 80 para os homens e 272 para o público feminino. Para comparação, neste ano a Unicamp registrou procura de 221 candidatos por vaga no curso de medicina, historicamente o mais concorrido. As inscrições para a EsPCEx deste ano terminaram em junho. A prova que é semelhante ao vestibular será realizada no dia 30 de setembro e 1º de outubro. A segunda fase, em janeiro, é de provas físicas e exames médicos.Quem for selecionado estuda em regime de internato e recebe um soldo de R$ 1 mil. Quem termina o curso, de um ano, ingressa na Academia das Agulhas Negras para mais quatro anos de graduação, até se formar bacharel em ciências militares.

DEIXE UMA RESPOSTA