Municípios da região irão investir mais de R$ 65 milhões em obras de saneamento

0
166

Mais de R$ 65 milhões de recursos vindos da cobrança pelo uso da água em rios de domínios federal, dos estados de São Paulo, Minas Gerais e do Fundo Estadual de Recursos Hídricos serão investidos em 32 projetos em 22 cidades que compõem as bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí.

Um dos exemplos é em Campinas, onde quase R$ 5 milhões dessa verba, a fundo perdido, serão investidos em obras para reduzir a perda de água. Esse município já é referência no Brasil com um índice de 20% de perdas, o que é considerando excelente. Vinicius Rosa é Secretário Executivo dos Comitês PCJ e destaca a importância dessas ações. Na região, há locais em que a perda chega a 35%.

Além de Campinas, municípios como Louveira, Valinhos, Artur Nogueira, Vinhedo, Pedreira, Nova Odessa, Indaiatuba e Morungaba também vão investir em saneamento com os recursos, sendo que em todos os casos há contrapartidas das prefeituras.

Desde a crise hídrica de 2014, Vinicius Rosa conta que há uma maior preocupação dos municípios em relação à agua e uma conscientização da população que leva a cobrar ações nesse sentido.

Uma das ações mais esperadas na questão da água na região é a construção das barragens de Amparo e Pedreira. Inicialmente, a expectativa  era que as obras começassem em agosto de 2015, mas até hoje não saiu do papel. Um novo prazo foi dado recentemente pelo governo do estado – devem começar neste 2° semestre. O Secretário Executivo dos Comitês PCJ, Vinicius Rosa, está otimista.

A previsão de conclusão das obras das barragens é de 30 meses. Os reservatórios poderão abastecer mais de cinco milhões de pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA