Nem saques FGTS inativo seguraram alta da inadimplência em Campinas

0
211

Um Levantamento da Acic aponta que 43% do valor sacado das contas inativas do FGTS foi usado para pagar dívidas. No total, os campineiros sacaram R$ 747,7 milhões das contas de março até o fim de julho, e R$ 321,5 milhões foram utilizados para quitar débitos. Mesmo assim, ainda há inadimplência e insegurança na Economia, de acordo com o Economista da Acic, Laerte Martins.

O mês de Julho teve variação negativa na vendas em relação a Julho do ano passado,  de 3,60%, as de acordo com Laerte Martins, quando comparado com o mês de julho desse de 2017, é possível ver uma luz no fim do túnel. Segundo o levantamento da Acic, 439,8 mil pessoas realizaram o saque das contas inativas do FGTS em Campinas. Entre eles, a maioria cita a pagamento de contas como prioridade.

Para Laerte Martins, o saque do FGTS inativo contribuiu com os números positivos da Economia do início do ano, que depois voltaram a decepcionar, principalmente motivado pela nova crise de confiança causada pela denúncia envolvendo o Presidente Michel Temer. Ainda de acordo com a Acic, 35% do dinheiro sacado – ou R$ 261,7 milhões – foi utilizado para o consumo, e 22% (R$ 146,6 milhões) foi para a poupança.

DEIXE UMA RESPOSTA