Trabalhadores de terceirizada da Sanasa relatam más condições e falta de salário

0
51

Trabalhadores que foram demitidos após protestarem diante de más condições de trabalho e falta de pagamento, fizeram um ato na manhã desta terça-feira (14/11), em frente a empresa Meca Construtora que presta serviços para a Sanasa em Campinas.

A unidade fica no Jardim do Vovô e o alojamento na região do entroncamento da Dom Pedro com Anhanguera. Gilvan Lima de Sousa É Sergipe e trouxe um grupo de oito pessoas para trabalhar na empresa. Ele relata problemas com alimentação, transporte e pagamento.

Irinaldo Maurício dos Santos vê as demissões como represália diante da mobilização dos trabalhadores.

O sindicato informou que irá entrar com ação no Ministério Público do Trabalho.

A direção da Construtora Meca disse que as demissões foram por ineficiência no trabalho. Também informou que não há pagamento atrasado.

Em nota, a Sanasa explicou que tem contrato de 18 meses com a empresa, com previsão de conclusão da obra no 2° semestre do ano que vem, garantindo que todos os repasses celebrados em contrato estão religiosamente em dia.

DEIXE UMA RESPOSTA