Servidor exonerado após apreensão de R$ 1,2 mi é nomeado para novo cargo na prefeitura

0
244

O ex-Diretor de Prestação de contas da Secretaria de Saúde, Anésio Corat Júnior, foi nomeado nesta quinta-feira, 7, para atuar como Gestor da Parceria, junto ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). A nomeação foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial do Município.

Corat foi exonerado do cargo de Diretor de Prestação de contas da Secretaria de Saúde na última sexta-feira, 1, um dia após a Operação Ouro Verde, do Ministério Público, apreender cerca de R$ 1,2 milhão em dinheiro na residência dele. As notas estavam estocadas em caixas de sapato. Aos promotores, o servidor de carreira disse que os recursos são provenientes de parte da venda da fazenda da família.

A assessoria de imprensa da Prefeitura classificou a nomeação como um equívoco na publicação da portaria, e disse que ela seria revogada na próxima segunda-feira, dia 11. Posteriormente, antecipou a correção para esta quinta-feira e tirou do ar a versão online do Diário Oficial para substituí-lo. Esse erro teria ocorrido devido ao processo de nomeação já estar tramitando na Prefeitura.

DEIXE UMA RESPOSTA