A Vitória do Jazz

0
84
Clássico do Jazz

Miles Davis sempre foi cercado pela áurea da criatividade.     Como  líder de banda tinha predileção em trabalhar com músicos com  técnicas  e até de gêneros  diferentes, mesmo que isso custasse o descontentamento de alguns fãs . Mas esse trompetista e compositor encontrou no jazz um solo fértil  pra  sua expressão e um belo exemplo é o projeto Kind of Blue.  Gravado  no primeiro semestre de 1959 e lançado no mesmo ano pela Columbia Records , Kind of Blue se tornou a  pedra fundamental para quem tem o interesse em se aventurar na extensa discografia desse norte americano que iniciou sua carreira em   1945  com apenas 19 anos de idade. Kind of blue  conquistou  números  expressivos   com  mais de 3 milhões de cópias vendidas em todo o mundo,  números  bem acima  do padrão do jazz .  Além de consolidar  as ideias do pianista e teórico musical George Russell com a sua proposta musical do chamado Jazz modal na qual Miles Davis  já tinha se inspirado para fazer um ano antes  em 58  o  Mliestones.

Miles no estúdio

Contrário a rigidez das progressões harmônicas  que o jazz vinha seguindo, para essa  produção  Miles Davis  propôs uma  construção musical mais  livre, sem   as  estruturas muito complexas .  Entre as   músicas que foram gravadas para esse LP ,   o time de  músicos teve     contato pela primeira vez com  boa parte d o   repertório      exigindo  assim    uma   performance   de   total   improvisação.

Kind of Blue não só marcou a carreira  de  Miles Davis falecido em 1991 como  de todo o  gênero jazz  e  contribui para incorpora-lo  na galeria dos músicos mais influentes   do século XX. O que contribui pra essa projeção também foi o fato do jazz   voltar    a  ter destaque  uma vez que o rock no final dos anos 50 já se preparava para passar o bastão a uma nova geração.

Coltrane, Cannonball, Miles e Bill Evans 

O sexteto  que participou das  gravações desse   clássico do jazz ao lado do trompetista Miles Davis contou com John Coltrane  no  sax tenor ,      e Julian “Cannonball” Adderley no   sax alto , os  Pianistas  Bill Evans  e Wynton Kelly  além de   Paul Chambers  no  contrabaixo  e fechando     com   o    baterista     James  Cobb .

Kind of blue  “ A história da Obra Prima de Miles Davis  “ escrito pelo historiador  e músico de Ashley Kahn     e o escritor inglês Richard Willians que  com o seu “ Kind of  blue – Miles Davis e o álbum que Reinventou a música moderna.”  São publicações  que lançam um olhar  sobre  esse disco de Miles Davis  bem como uma reflexão sobre a musica no  século 20 .

Acompanhe esta edição

 

entre em contato:

musicaecultura@cbncampinas.com.br

Produção

Walmir Bortoletto

Edição

Paulo Girardi