Depois dos ônibus de Campinas, é a vez dos intermunicipais sofrerem reajuste na tarifa

0
73

Após o aumento da tarifa do transporte coletivo de Campinas, que subiu para R$ 4,70, um reajuste de 4,5%, agora é a vez dos ônibus intermunicipais na Região Metropolitana de Campinas. O reajuste médio é de 4,06% e passa a vigorar a partir dessa terça-feira, dia 16. Em 2017, o aumento foi maior, de 7,06%.

Dezoito cidades da região serão afetadas, entre elas Sumaré, Hortolândia, Indaiatuba, Valinhos, Monte Mor, entre outras. Ana Carolina é estagiária de RH, em Valinhos, e vai ter que encarar os dois aumentos. André Leme também está preocupado com os dois reajustes ao mesmo tempo. Paulo Vitor calcula que o reajuste vai pesar no orçamento do mês.

E a diarista, Rose Gomes, já faz as contas do prejuízo, porque divide com os patrões o pagamento das passagens. Os valores, que variam de acordo com a extensão da linha, podem consultados a partir das 17h dessa sexta-feira na página da EMTU na internet.

A Justificativa é o aumento de 12% no combustível, que foi o que mais pesou no cálculo das novas tarifas. Outras justificativas são o custo da mão-de-obra (entre 4% e 4,5%), da manutenção dos veículos (5%), além da inflação acumulada no período e de cláusulas contratuais com as empresas operadoras.