Notícias Geral

Temperatura baixa eleva incidência de doenças respiratórias em crianças

Pedro
Pedro Santos, quinta-feira, 3 mai 2012 8:32
Escute a Notícia
Pessoas agasalhadas por causa do frio (Foto: Arquivo/G1)

Campinas registrou na quarta-feira, dia 2 de maio, a temperatura mais baixa do ano, com os termômetros chegando a marca de 10 graus. A chegada de uma forte massa de ar frio a região traz, além do frio intenso, preocupação com doenças respiratórias, principalmente em crianças e adolescentes.

Para se ter uma ideia da elevação de casos de doenças respiratórias, nesta época do ano, o Pronto Socorro Infantil do Hospital Municipal Mario Gatti registrou em abril um crescimento de 67% no atendimento, em relação ao mês de março. Segundo a pediatra e coordenadora do pronto socorro infantil do hospital,Dr. Andrea Tirico de Paiva, as doenças mais registradas neste período são as relacionadas com as vias aéreas superiores, como bronquite, sinusite e rinite alérgica.

A médica orienta os pais para ficarem atentos aos sintomas iniciais destas doenças, que podem acelerar a recuperação da criança. Medidas preventivas podem ser adotadas com o objetivo de evitar ou minimizar os problemas causados pela baixa temperatura. Lugares arejados e uma maior atenção com a higiene, são as recomendações da pediatra, Dr. Andrea Tirico.

O inverno está programado para começar no dia 20 de junho de 2012. E apesar das baixas temperaturas e do frio intenso registrado em Campinas, a meteorologista do CEPAGRI da Unicamp, Ana Ávila, afirma que o inverno neste ano está previsto para ser igual a dos anos anteriores, sem grande alteração nas temperaturas.

image

Cotações, Índices e Cambios

image
image
image