Vice-governador de SP não vê motivos para impeachment de Dilma

0
1501

A abertura de um processo de impeachment contra a presidente da República, Dilma Rousseff, não teria base legal e caso o processo acontecesse, o cenário atual não seria alterado, segundo o vice-governador de São Paulo, Márcio França. Ele afirma que as denúncias de corrupção, a crise política e econômica e a insatisfação de grande parte da população têm pressionado cada vez mais o Governo Federal, mas nenhum desses fatores justificaria a cassação do mandato da presidente.

Presidente estadual do PSB, o vice-governador Márcio França disse que o governo de Dilma Rousseff vem cometendo muitos erros, mas até o momento, seu nome não está envolvido em nenhuma manobra ilegal. Ele acredita que não haveria legitimidade se a presidente fosse afastada do cargo neste momento, além de que o vice-presidente Michel Temer assumiria o Planalto fragilizado, o que não seria bom para o país. O vice-governador de São Paulo, Márcio França, esteve em Campinas participando da primeira reunião executiva do Polo Agrotecnológico, que aconteceu nesta segunda-feira.