Pesquisadores da Unicamp identificam o mecanismo do cérebro responsável pela obesidade

0
711

Um estudo realizado na Unicamp em parceira com a Universidade de Cambridge, na Inglaterra, mostra o mecanismo do cérebro para chegar à obesidade. O estudo aponta que uma dieta rica em gordura saturada é forte contribuinte para o desenvolvimento da doença. Segundo os pesquisadores do Centro de Pesquisa em Obesidade e Comorbidades da Unicamp,  a ingestão de gordura saturada à longo prazo, provoca inflamações na região do cérebro conhecida como hipotálamo, responsável pelo controle da fome. Com isso os neurônios que fazem este trabalho, podem morrer com a má alimentação e o dano é irreversível. Ainda de acordo com os pesquisadores, após a análise da primeira fase, eles foram à Inglaterra para produzir neurônios do tipo que controlam fome e gasto energético.
Esses neuronios foram produzidos a partir de células-tronco provinientes de pele humana.
Com o resultado deste “roteiro” do cérebro os pesquisadores consideram que é possível desenvolver novas pesquisas que apontem possibilidades de repovoação do hipotálamo com os neurônios de saciedade, a partir de medicamentos ou células-tronco.