Mondelez encerra atividades em Piracicaba e vai demitir 700 funcionários

0
774

A fábrica da Mondelez International de Piracicaba vai encerrar suas atividades. No anúncio, a empresa esclarece que sua produção será descontinuada gradativamente até dezembro, sendo transferida para as unidades do Paraná e Pernambuco. De acordo com Fanio Luís Gomes, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Piracicaba e Região, são mais de 700 funcionários diretos demitidos e cerca de 200 terceirizados. Números informados pela Mondelez, no entanto, apontam como 600, o número de colaboradores impactados em Piracicaba.

Na unidade de Piracicaba está a produção de biscoitos da empresa. A Justificativa da empresa, de acordo com Fanio, é de que houve queda na demanda pelo produto. No entanto, Fanio afirma que a empresa se comprometeu a pagar todos os direitos trabalhistas e ainda pagar uma indenização de 30% do salário do funcionário por ano trabalhado. A Mondelez também afirmou que vai pagar cursos e ajudar os trabalhadores dispensados a se recolocarem no mercado. Mesmo assim, o presidente do sindicato lamenta pelo número tão grande de demissões.

A Mondelez informou que revisou o processo de fabricação, de forma a otimizar o modelo de produção com foco em fábricas multicategorias, concentrando a produção nas fábricas de Curitiba e Vitória de Santo Antão e fechando as unidades de Piracicaba e Bauru. A empresa está presente em mais de 160 países com linhas de biscoitos, chocolate, goma, doces e bebidas em pó. Teve receita líquida de U$ 26 bilhões em 2017.