Sobram vagas para corretores de imóveis com qualificação, em Campinas

0
136

Apesar do IBGE apontar índice de desemprego no Brasil de 12,2% na média do último trimestre, com 12,7 milhões de pessoas sem emprego no país, o segmento imobiliário de Campinas está com dificuldade para preencher as vagas disponíveis. Faltam profissionais capacitados e muitos deixaram a função por causa da crise econômica que afetou o setor.

No entanto, de acordo com Ricardo Halcsik, sócio de duas credenciadas da Rede Provectum, está havendo retomada no setor e a estimativa, apontada  pelo Secovi,  Sindicato da Habitação, é de crescimento nas vendas de 5 a 10% em 2018. Ricardo explica que para preencher essa demanda, a Rede está subsidiando um curso de formação exigido pelo CRECI, como parte de um programa para recrutar interessados em se tornarem consultores de imóveis.

Para Ana Ada Migotto, que é candidata à função de corretora, a carreira vale a pena, mas é preciso manter os pés no chão sem criar falsas ilusões. Ana se entusiasmou com a grande oferta de vagas e possibilidade de carreira no setor, considerando, no entanto, que o retorno só vem a médio prazo. Após essa  pré-seleção de candidatos, a previsão é de que pelo menos 100 profissionais serão recrutados.