Para Jonas Donizette, Datafolha mostra chances de Márcio França em 2° turno para governador

0
159

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, se mostra otimista com a candidatura de Márcio França, parceiro de partido – o PSB – atual governador de São Paulo e pré-candidato para continuar no cargo, após a saída de Alckmin.

Jonas usa a pesquisa do Datafolha para enfatizar as chances de França que aparece na terceira colocação com 8% das intenções de votos, atrás de João Dória do PSDB que 29% e de Paulo Skaf (MDB) com 20%.

O chefe do executivo campineiro, usa outros dados – o fato de França ainda ser pouco conhecido, mas mesmo assim, já ter uma parcela da população propensa a votar nele.

França é rejeitado por 22% dos entrevistados. Quem lidera nesse quesito é Skaf (MDB) que tem rejeição 34% do eleitorado, seguido por Dória com 33%.

Aliás, o tucano já tem partido para o ataque. O alvo foi Márcio França a quem diz ser de extrema esquerda. O governador rebateu e até disse que entraria com representação no Ministério Público.

Jonas Donizette também se posicionou sobre esse clima já quente na disputa eleitoral, considerando precipitado.

A pesquisa do Datafolha foi divulgada nesta segunda-feira, com 954 entrevistados em 68 cidades de São Paulo entre 11 e 13 de abril. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.