Luz na Infância II: Ex-PM é preso com material de pornografia infantil em Campinas

0
145

Um ex-policial militar foi preso em flagrante durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão dentro da Operação Luz na Infância II, em Campinas. A ação da Polícia Civil aconteceu em 24 estados e no Distrito Federal com 579 ordens judiciais. Na região de Campinas, além do ex-PM preso em Sousas, um mandado foi cumprido no Jardim dos Oliveiras e outro em Paulínia.

No caso policial da reserva, o delegado do Setor de Homicídios detalhou que foram localizadas imagens de pornografia infantil em HDs e computadores. Seriam cerca de mil arquivos. Rui Pegolo conta que preso negou saber que armazenar esse tipo de material era crime.

No caso do mandado cumprido no Jardim dos Oliveiras, houve apenas apreensão de material, como explica o delegado do 5° Distrito Policial, Sandro Jonasson.

Em Paulínia, o alvo foi encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos por acessos realizados em sites de pornografia infantil. Quem esteve no caso foi o delegado da cidade. Rodrigo Galazzo.

O armazenamento de pornografia infantil é crime, com pela de um a quatro anos de reclusão.

A Operação Luz na Infância II é coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública e teve a análise de mais de um milhão de arquivos, com atuação de 2,6 mil policiais em todo o país. Até o final da manhã desta quinta-feira, 132 pessoas haviam sido presas.