Polo de Alta Tecnologia de Campinas discute soluções para cidades inteligentes

0
119

Um evento no Polo de Alta Tecnologia de Campinas dedicado a soluções inovadoras para cidades inteligentes reuniu expositores de produtos, aplicações e tecnologias já disponíveis ou em desenvolvimento, com discussão de temas do interesse de gestores públicos, empresas e startups.

O gerente de desenvolvimento de negócios em cidades inteligentes do CPqD, Vinícius Oliveira, explica que são cases e debates com palestras sobre diversos temas ligados a cidades inteligentes e transformação digital. Entre os cases, foi apresentado um software da Exati Tecnologia para gestão da iluminação pública, que se conecta aos controladores das luminárias formando uma rede para dispositivos que tornam a cidade mais inteligente, com economia de energia.

O Diretor Executivo da Exati, Dênis Weis, explica que além de proporcionar economia, o software reporta defeito nas luminárias e mede a energia consumida. Um tema muito debatido foi a Internet das coisas, que são dados conectados na nuvem, ou seja, em arquivos virtuais, que precisam de uma inteligência tecnológica para fazer conexão.

É o caso do desenvolvimento de um software pelo CPqD, o dojot, que facilita o desenvolvimento de aplicações da internet das coisas através de uma plataforma, explica Maurício Casotti, responsável pela área de marketing do CPqD pela dojot.

Outra novidade apresentada foi a estação meteorológica de baixo custo da Pluvi.On, que possui diversos sensores integrados, de tipos diferentes para medição do volume e intensidade de chuva, de temperatura, umidade do ar, de direção e velocidade do vento, que permitem o monitoramento de condições climáticas em pontos específicos, que possibilita a emissão de alertas sobre possíveis enchentes, deslizamentos e catástrofes ambientais que castigam as cidades.