Copa: preço alto de camisa oficial faz torcida buscar réplicas

0
202

A Copa do Mundo vai começar e quem quer torcer usando a camisa oficial da Seleção Brasileira terá que gastar R$ 249,99. O preço é salgado principalmente devido aos impostos e faz com que muita gente busque alternativas acessíveis.

Ainda assim, o gerente de uma loja de artigos esportivos que fica na Avenida Francisco Glicério, no centro de Campinas, Lucas Generoso, diz que a procura pelo uniforme canarinho aumentou nos últimos dias antes da estreia do Brasil. Ele entende que muitos não podem arcar com o valor, que poderia chegar a R$ 449,99 se a escolha fosse pelas peças usadas pelos jogadores. Por isso cita como opções as camisas polo e de treino, mas que também não são lá muito baratas.

Os valores definidos para o consumidor sofrem influência dos impostos. De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação, a camisa oficial poderia sair até 35% mais barata, assim como malhas e jaquetas da Seleção. Sobre o preço final incidem 1,65% de PIS, 7,60% de Cofins, 18% de ICMS e 7,42% de outros. Mas a advogada tributarista, Ana Cláudia Utumi, lembra que os tributos são os mesmos e incidem da mesma forma sobre todo tipo de roupa.

Enquanto alguns podem ou se programam financeiramente para desembolsar os valores dos produtos oficiais, outros preferem buscar alternativas mais em conta. André William andava pelo centro com uma camiseta feita sob medida. Ele é o proprietário de uma loja de acessórios e consertos de celular e conta que a confecção para os seis funcionários custou R$ 40,00 a unidade. Com isso, além do local de trabalho, pretende usar o uniforme durante os jogos do Brasil.

Às vésperas da Copa, as atenções se voltam para os camelôs. Nas bancas do centro, os valores iam de R$ 25,00 a R$ 30,00 para os modelos mais simples e chegavam até R$ 50,00 para aquelas mais parecidas com as dos jogadores. Mesmo sem gravar entrevista, alguns vendedores confirmaram que a procura aumentou a poucos dias do início do primeiro jogo e deve continuar em alta de acordo com o avanço e o rendimento do time brasileiro no mundial de futebol.