RMC estima gasto de R$ 50 milhões em ordens judiciais da saúde

0
78

As prefeituras da Região Metropolitana de Campinas (RMC) estimam gastar este ano cerca de R$ 50 milhões para cumprir ordens judiciais de fornecimento de medicamentos e tratamentos.

Na maioria dos casos, pacientes recorrem à Justiça para conseguir remédios de alto custo que não estão disponíveis na rede de saúde.

Os prefeitos das 20 cidades que integram a RMC decidiram elaborar levantamentos de gastos extras que são obrigados a cobrir por conta de liminares para recorrer à Procuradoria-Geral de Justiça.

Os prefeitos avaliam que as decisões judiciais têm sufocado o caixa público.