Campinas teve dois casos de feminicídio em menos de 48 horas. Nesta sexta-feira, Camila de Sousa Santana, de 24 anos, foi morta a facada pelo namorado, dentro da casa dela na rua Administração, na Vila Georgina.

De acordo com informações de testemunhas, a vítima cuidava do irmão mais novo e começou a discutir com o namorado que, logo na sequência, a esfaqueou. Os motivos do crime serão investigados. Eles estavam juntos há menos de um mês. O assassino acabou fugindo.

Ele já foi identificado pela polícia que não revelou o nome dele mas informou que tem 28 anos e já tem uma passagem por roubo.

Na quinta-feira, dia 13, Fernanda Martins da Costa Sá foi morta por estrangulamento pelo ex-marido que não aceitava o término do relacionamento e suspeitava de uma traição. Depois do crime, o sargento da PM, Ricardo Luiz de Sá, localizou o rapaz que seria o amante dela e efetuou pelo menos três disparos o ferindo gravemente. A vítima foi encaminhada ao Hospital da Puc-Campinas.

No retorno à casa, já que ele ainda frequentava o local,o sargento acabou se enforcando. O crime ocorreu no Jd. Esperança, em Campinas.