Uma força-tarefa das polícias civil e militar prendeu 145 pessoas na região de Campinas, nesta quinta-feira. Os procurados estão envolvidos desde tráfico e roubo a falta de pagamento de pensão alimentícia. 132 homens, 12 mulheres e um adolescente detidos. As prisões aconteceram após o recebimento de aproximadamente 3,5 mil mandados. Desses, foram feitos uma análise e a equipes saíram às ruas para cumprir cerca de 1,2 mil mandados de prisão nas áreas das duas delegacias seccionais de Campinas, responsáveis pelas cidades de Valinhos, Vinhedo, Paulínia e Indaiatuba, e também nas seccionais de Mogi Guaçu, Bragança Paulista e Jundiaí.

A operação começou às 6h em todo o estado de São Paulo, com coordenação da Secretaria de Segurança Pública, com cerca de 6,5 mil mandados. Os presos foram levados para as delegacias regionais e, em seguida, encaminhados para a cadeia anexa ao 2º Distrito Policial de Campinas, no bairro São Bernardo. Somente em Campinas 82 pessoas foram presas nas delegacias. A ação contou com 96 policiais civis e 32 viaturas, além do efetivo da PM.