As obras dos corredores de ônibus o BRT seguem avançando e nesta sexta-feira, o prefeito de Campinas, Jonas Donizette, assinou a ordem de serviço para a construção de quatro estações de transferência no corredor Perimetral. Os locais de embarque e desembarque de passageiros serão erguidos na Vila Aurcan, Jardim Miranda, Cidade Jardim e Pompéia. Segundo a Emdec, as obras estão em estágio avançado, com a conclusão de 30% do serviço de concretagem. As bases da maioria das estações de transferência também já foram instaladas.

Os ônibus vão circular nos corredores exclusivos e o emabrque e desmbarque acontecerão em nível, facilitando o acesso de pessoas com restrição de mobilidade. As passagens serão pagas antes do embarque. De acordo com o secretário de transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro, o trabalho segue dentro do planejado e não deverá acontecer atraso nas obras, que têm previsão para serem concluídas no primeiro semestre de 2020.

O BRT de Campinas terá três corredores, sendo dois deles que ligam o Centro aos distritos do Campo Grande e do Ouro Verde. Esse dois corredores serão ligados por um outro, chamado de Perimetral, que vai da Vila Aurocan ao Campos Elísios. Segundo a Emdec, o sistema será mais ágil, eficiente e seguro, com redução de até 30% no tempo das viagens.