Segunda alta da gasolina em 5 dias desanima motorista de Campinas

0
193

Cinco dias após o último aumento no preço da gasolina, a Petrobras anunciou novo reajuste de 1,68% nas refinarias de todo o Brasil a partir desta quarta-feira. O motivo é o dólar em alta que chegou a R$ 4,16. Em Campinas, os motoristas se dizem desanimados diante de tantas altas consecutivas. Deixar o carro na garagem é a alternativa que o industrial, Paulo Moreira, tem encontrado. Já, o engenheiro civil, Gilberto Bosco, afirma não ter alternativa, porque depende muito do carro para trabalhar.

Na Avenida Anchieta, na altura do Cambuí, um posto da bandeira Ipiranga estava comercializando o litro da gasolina por R$ 4,39 e o Etanol a R$ 2,59 nesta quarta-feira. Na mesma avenida, na região do centro, os valores estavam ainda maiores: R$ 4,49, a gasolina e R$ 2,69, o Etanol. No Cambuí, na Rua Maria Monteiro, o litro da gasolina foi encontrado a  R$ 4,39 e o do Etanol a R$ 2,69.

Já no Jardim do Trevo, os valores estavam um pouco menores num posto Shell da Avenida Prestes Maia: R$ 4,36, a gasolina e R$ 2,57, o álcool.  Desde o início da nova metodologia de reajustes que ocorrem quase diariamente, o preço da gasolina nas refinarias acumula alta de 67,93%. O Etanol continua como a melhor opção na maioria dos postos de combustíveis da cidade, se considerado o cálculo, em que o álcool precisa custar até 70% do valor da gasolina para o preço compensar.