A Câmara Municipal de Campinas realizou a cerimônia de posse dos 33 jovens vereadores da 2ª edição do programa Parlamento Jovem. Participaram do evento os jovens e representantes de 17 escolas particulares. A partir de agora, os jovens atuarão como parlamentares, seguindo as regras da Câmara, incluindo reuniões ordinárias semanais onde apresentarão e votarão seus próprios projetos de lei. Os que forem aprovados por eles poderão se tornar projetos reais a serem apresentados pelos vereadores.

O Parlamento Jovem estava desativado desde 2010 e foi retomado após a reforma administrativa ocorrida na Câmara. Quem participa do projeto, afirma ser importante para despertar a consciência política nos jovens. Luis Gustavo Pereira da Silva foi empossado no parlamento jovem e afirma que pretende discutir as questões relacionadas à segurança e à limpeza de Campinas. Manuela Trevisan Guineli, de 13 anos, é suplente no parlamento e acredita que o conhecimento adquirido no programa pode ser repassado para outras pessoas.

Os estudantes tiveram aulas sobre o funcionamento da Câmara e participaram de reuniões de preparação no Legislativo.