A companhia aérea Azul apresentou o primeiro avião cargueiro da empresa, um Boeing 737-400F, que vai operar no norte e nordeste do país, sempre partindo de Campinas. Com a aeronave, a empresa espera expandir os negócios e ampliar a receita, que registrou crescimento de 61% no primeiro trimestre deste ano se comparado ao mesmo período do ano passado.

A empresa de cargas da companhia já opera em todo o país, transportando mercadorias nos voos comerciais. Com o avião exclusivo para esse fim, a Azul vai aumentar sua capacidade de transporte diário em 22 toneladas. A aeronave custou R$ 10 milhões. As principais rotas terão como destino as principais capitais do nordeste e também a cidade de Manaus, no Amazonas, mas a rota poderá ser alterada para outras regiões do país, conforme houver necessidade. A diretora de cargas da companhia, Isabel Cristina Reis, disse que o planejamento para o ano que vem é ampliar os serviços em toda América do Sul, além de fortalecer as conexões com o nordeste, com a aquisição de uma segunda aeronave.

Com o novo Boeing operando em Campinas, Viracopos se consolida na segunda colocação dos maiores aeroportos em volumes de cargas do Brasil, perdendo apenas para o terminal aéreo de Guarulhos. Somente no ano passado, o aeroporto movimentou 264 mil toneladas de carga.