Um jornalista investigativo é dominado por um alienígena com impulsos violentos e predileção por carne humana e assume uma forma assassina incontrolável. Vivido pelo britânico Tom Hardy, o sombrio “Venom” é trazido às telas dos cinemas pela Sony Pictures, detentora de personagens da Marvel que não eram da Disney. Na história, Eddie Brock entra em contato com um simbionte extraterrestre ao tentar desvendar os experimentos supostamente mortais feitos por um cientista.

Charlie Hunnam estrela “Papillon”, filme sobre um bandido do subúrbio de Paris na década de 30 que é condenado a prisão perpétua por um crime que não cometeu. Enviado para a Ilha do Diabo, na Guiana Francesa, faz amizade com um prisioneiro interpretado por Rami Malek. A dupla se une para tentar escapar do local.

Em “Juliet, Nua e Crua”, uma mulher namora um homem mais dedicado ao ídolo do que ao relacionamento. Ao criticar o músico, ela é surpreendida com uma resposta. Interpretado por Ethan Hawke, o artista entra em contato dizendo que concorda com a opinião e passa a fazer parte da vida do casal. Rose Byrne também estrela o longa.

No nacional “Maré Nostrum”, dois conhecidos voltam ao País depois de muitos anos no exterior. Unidos por um terreno negociado pelos pais, desconfiam de algo sobre o local.

O catálogo da Netflix tem novidades, com estreias e retornos. “Elite”, sobre um crime em uma escola, é uma produção espanhola com nomes ligados ao sucesso “La Casa de Papel”.

“Riverdale”, drama com doses surreais em uma cidade pequena, volta com a segunda temporada, assim como a animação “Big Mouth”, sobre a puberdade de dois amigos.