O comércio varejista na região de Campinas registrou faturamento real de R$ 5 bilhões em julho, alta de 8,7% em relação ao mesmo mês de 2017, resultando no melhor desempenho do Estado de São Paulo, pelo segundo mês consecutivo. Este foi o melhor mês de julho para a atividade desde 2014, segundo dados do Sindivarejista. No acumulado do ano, a elevação é de 10,1%, o que representa um saldo positivo de R$ 3,2 bilhões. Nos últimos 12 meses, o crescimento foi de 7,5%.

Das nove atividades analisadas, oito apontaram crescimento nas vendas em relação a julho do ano passado, com destaque para os setores de eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamentos, que aumentaram suas vendas em 186%. A única atividade que registrou queda no faturamento foi a de vestuário, tecidos e calçados, com retração de 6,4%. A presidente do SindiVarejista de Campinas e Região, Sanae Murayama Saito, disse que os resultados apresentados em julho são reconfortantes, mas ainda estão longe do ideal. Ela acredita que a atividade ainda levará algum tempo para se recuperar da crise econômica que assolou o país.

As vendas do comércio varejista do Estado de São Paulo seguem crescendo e atingiram R$ 54,4 bilhões em julho, alta real de 2,7% em comparação ao mesmo período de 2017. Também foi a maior cifra para o mês desde 2013. No ano, o faturamento real do setor cresceu 5,2%.