A Maternidade de Campinas vai investir R$ 10 milhões na reforma do prédio instalado na Avenida Orozimbo Maia.

De acordo com a administração do hospital, o reparos vão representar uma mudança na estrutura, modernização das instalações e aumento no número de leitos, deverá passar dos atuais 266 para 300 unidades.

A reforma será dividida em etapas. A primeira delas será na área externa, na recepção e no 4º andar do prédio, que é destinado às internações da saúde suplementar e as instalações do Instituto de Patologia de Campinas.

O prazo para o termino das reformas não ainda não foi definido.

Segundo a direção do hospital, o dinheiro para a reforma será obtido por meio de doações, parcerias e campanhas que já estão em andamento.

Fundada em 1913, a Maternidade de Campinas, faz cerca de 900 partos por mês e 60% dos atendimentos são via SUS, Sistema Único de Saúde.