Dois criminosos planejam praticar uma série de sequestros na noite da Capital Paulista. A primeira vítima é Isabel, interpretada por Marina Ruy Barbosa. O nervosismo toma conta dos três no suspense “Sequestro Relâmpago”, enquanto todas as tentativas de sacar o dinheiro da jovem dão errado.

Outro filme nacional, “O Colar de Coralina”, com Letícia Sabatella, é inspirado no poema “O Prato Azul Pombinho” e é repleto de fantasia e imaginação. A menina Aninha é rejeitada pela maioria das pessoas que a cercam e precisa se superar para se dispersar da realidade dura de opressão e fragilidade.

Um estádio lotado para uma partida decisiva é alvo de um bando criminoso em “Refém do Jogo”. Mas um dos espectadores promete ser uma pedra no sapato.

Já “Infiltrado na Klan”, que se passa nos Estados Unidos do final da década de 70, tem tudo para ser o destaque do fim de semana de estreias nos cinemas. Um policial negro que troca telefonemas e cartas com os membros da Ku Klux Klan tem a chance de investigar o grupo extremista de supremacia branca.

Interpretado por John David Washington, o protagonista conta com o parceiro vivido por Adam Driver para comparecer às reuniões presenciais. Até que um dia ele se torna o líder da seita racista e passa a sabotar vários crimes de ódio e linchamentos. “Infiltrado na Klan” é dirigido por Spike Lee.

Na Netflix, o último final de semana do mês conta com a temporada 3 das séries “Frontier” e “Greenleaf”. O filme “Crônicas de Natal” também estreia.