O aluguel residencial, em Campinas, voltou a registrar ligeira recuperação. O preço da locação fechou 2018 com alta de 3,62%. Nos três anteriores o índice fechou em queda por conta do excesso de imóveis fechados e menor número de pessoas interessadas em alugar um imóvel.

Segundo o Vice-Presidente do Setor de Comercialização da Associação Regional da Construção de Campinas e Região, a Habicamp, Douglas Vargas, a alta do preço médio de locação em Campinas foi superior a media nacional que fechou 2018 com aumento de 2,3%.  De acordo com a pesquisa mensal do Índice FipeZap de Locação Residencial, entre os 15 municípios onde o levantamento é realizado, o preço de Locação Residencial em Campinas ficou em 10º lugar.

Apesar da recuperação, os valores atuais estão 30% menores na comparação feita com os últimos três anos, antes da crise.

O Vice-Presidente do Setor de Comercialização da Habicamp, lembra que a retomada do aumento se concentrou no último trimestre de 2018, após a definição do novo presidente da República. Para este este ano as perspectivas são de otimismo.