Cerca 690 mil veículos estão sendo esperados nas rodovias do Sistema Anhanguera-Bandeirantes neste feriado de Semana Santa, entre saída e chegada à Capital paulista. De acordo com a CCR AutoBan, concessionária que administra o complexo, os horários de maior movimento estão previstos para: Quinta-feira das 15h às 20h; na Sexta-feira das 09h às 14h e na volta do feriadão no domingo das 12h às 21h.

Já nas rodovias que integram o corredor Dom Pedro, a concessionária Rota das Bandeiras espera a passagem de 594 mil veículos durante os 4 dias do feriadão da Páscoa
A expectativa é cerca de 6,5% maior em relação à Páscoa de 2018. O maior movimento deve ficar concentrado na rodovia D. Pedro I com a passagem de 416 mil veículos.
Os horários de pico para a saída dos motoristas devem acontecer a partir das 16h da quinta-feira. Na sexta-feira santa o pico está sendo esperado para o período, entre 07h e 12h. Na volta para casa, o tráfego deve ficar intenso a partir das 14h do domingo dia 21. Além da D. Pedro I, a rodovia Prof. Zeferino Vaz, deve receber cerca de 84 mil veículos durante durante o feriadão de 4 dias.

Pela Rodovia Campinas/Mogi, a concessionária Renovias estima 95 mil veículos durante a Operação Páscoa pela pista norte da Praça de Pedágio Jaguariúna, no sentido Campinas/Sul de Minas Gerais. A operação segue da zero hora de quinta até o final da noite de domingo.

Os períodos de maior movimento estão previstos entre 16h e 20h de quinta-feira e das 8h às 14h de sexta-feira. No retorno, o fluxo mais intenso deve ocorrer entre 14h e 21h.

O Feriado da Páscoa deve levar também cerca de 549 mil veículos para rodovias administradas pela AB Colinas, entre elas a Rodovia Santos Dumont. A recomendação é para o motorista evitar os horários entre às 06h e 12h da sexta, dia 19.  Na volta, o horário de maior movimento promete ser entre 12h e 22h de domingo.