A assembleia que votaria a recuperação judicial do Aeroporto Internacional de Viracopos foi adiada pela segunda vez. O adiamento atende pedido da concessionária Aeroportos Brasil Viracopos. A reunião ocorreria em 16 de maio, próxima quinta-feira, e agora foi remarcada para 27 de junho.

A Aeroportos Brasil Viracopos solicitou o adiamento alegando necessidade de conseguir um tempo maior para as negociações. A aprovação do plano de recuperação judicial é a saída encontrada pela concessionária para evitar a falência e solucionar a dívida que já chega a R$ 2,88 bilhões.

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social ) principal credor da concessionária, concordou com o adiamento. A decisão foi tomada pela juíza Thais Migliorança Munhoz, da 8ª Vara Cível de Campinas, vara responsável pelo processo de recuperação judicial do aeroporto.

O primeiro adiamento da assembleia ocorreu no início de fevereiro. A reunião estava marcada para 12 de fevereiro, e então foi adiada para 16 de maio, e agora, com o segundo adiamento, para 27 de junho.

Caso não haja novo adiamento, mas a votação não aconteça na assembleia de 27 de junho, uma segunda chamada para votação será realizada em 1 de agosto.