A Secretaria Municipal de Saúde de Campinas divulgou nesta segunda-feira, 27, mais um boletim com números da dengue na cidade. São 16.445 casos de dengue confirmados na cidade em 2019 até esta segunda-feira, 27. Na segunda passada eram 13.912 casos confirmados. Com isso, houve aumento de 18,2% em uma semana no número de casos confirmados.

Segundo a Secretaria de Saúde, a região com maior número de casos é a Noroeste, com 5.079 registros. É na região Noroeste que fica o distrito do Campo Grande. Em seguida vem a região Sudoeste, onde está o distrito do Ouro Verde, com 3.993. Depois vem a região Sul, que inclui bairros como o Campo Belo. São 3.920 casos naquela região.

O número de mortes confirmadas segue inalterado desde o boletim da última semana. São 3 mortes na cidade em 2019 – uma bebê de 5 meses, uma mulher de 19 anos, e um idoso de 92 anos, todos atendidos pela rede privada de saúde do município.

Esta é a terceira maior epidemia de dengue da história de Campinas. Os dois anos com mais casos foram 2014, com 42 mil casos, e 2015, com 63,5 mil casos. A Prefeitura afirma que segue realizando mutirões de combate à dengue na tentativa de evitar um crescimento expressivo no número de novos casos.