Comerciantes, moradores da região e, principalmente, motoristas que trafegam pela Avenida John Boyd Dunlop, em Campinas, reclamam do desvio feito pela Emdec no sentido Campo Grande da via, logo após o Balão do Londres.

Eles afirmam que o tráfego fica caótico por conta das obras do BRT, especialmente nos horários de pico. Um dos exemplos é a Rua José Rosolen, que fica no início do trajeto alternativo e costuma registrar muitas filas.

Funcionário de uma empresa de toldos, Luiz Inácio lida com bom humor ao ser questionado sobre a situação vista por ele todos os dias. Ele conta que o pior momento do tráfego no local acontece a partir das cinco horas da tarde.

Além disso, cita que falta organização e uma melhor sinalização no trecho devido à implantação do sistema de ônibus BRT. Como exemplo, fala da situação dos pedestres, que contam com passagens restritas pela via por conta das obras.

A empresa responsável pelo trânsito de Campinas foi procurada pela produção da Rádio CBN Campinas para comentar o assunto, mas não respondeu até o fechamento desta reportagem.