O Ministério Público do Estado de São Paulo irá designar um promotor de Justiça para acompanhar o caso do piloto Danilo Berto, morto em grave acidente durante treino de aquecimento para o Super Bike Brasil neste domingo, 26, em Interlagos.

No acidente, Danilo foi lançado por cima da barreira de pneus. Ele foi socorrido com traumas na perna e no tórax, e chegou a ser levado para o Hospital das Clínicas de São Paulo, mas não resistiu. Danilo é a quinta vítima fatal no Super Bike nos últimos três anos.

Ele era filho da presidente da Câmara de Vereadores de Valinhos, Dalva Berto. O prefeito de Valinhos, Orestes Previtale, lamentou a morte de Danilo Berto através de nota, e se colocou à disposição da vereadora para o que for necessário nesse momento de dor e muita tristeza.  

O piloto é velado nesta segunda-feira, 27, na Igreja Assembleia de Deus, em Valinhos. O sepultamento será às 16h30, no Cemitério das Acácias.