Um português morador de Valinhos é investigado pela Polícia Civil por supostamente liderar a organização criminosa que fabrica e explora máquinas de jogos de azar na região.

Durante uma operação nesta quarta-feira, foram apreendidos terminais eletrônicos em um barracão de Campinas. Além do barracão, a equipe esteve em comércios de outras três cidades: Piracicaba, Valinhos e Jundiaí. Pelo menos 200 terminais foram apreendidos.

De acordo com as investigações, as máquinas contam com acesso à internet, e podem ser configuradas a distância, através de um servidor que funcionava em Campinas, inclusive por aplicativo de celular. Assim, no momento da fiscalização, o administrador do servidor cortava o acesso aos jogos de azar.