O Pedido de abertura de uma Comissão Processante contra o Prefeito Jonas Donizette (PSB) protocolado pelo vereador Tenente Santini (PSD), foi rejeitado pela Câmara de Campinas, na sessão desta quarta-feira, 12. Dos 31 vereadores presentes, 22 votaram contra e 09 a favor. Com isso o pedido foi arquivado.

Esse foi o segundo pedido em uma semana que acaba sendo derrubado pela base do governo na Câmara. Na sessão da última segunda-feira, um pedido de CP, protocolado pela vereadora Mariana Conti (PSOL) também acabou sendo arquivado depois de receber 23 votos contrários e nove a favor.

Para que a CP fosse instaurada eram necessários a aprovação de 50% dos vereadores presentes.

Os pedidos foram motivados depois da decisão do Tribunal de Justiça cassar o mandato de Jonas por improbidade administrativa. Pela decisão, porém, ele  permanece no cargo até o trânsito em julgado da ação.