Nos últimos meses, os comerciantes que trabalham da Avenida das Amoreiras estão convivendo com furtos em seus estabelecimentos constantemente. São vários locais que foram alvos dos bandidos. Eles levam tudo o que conseguem retirar, como fiação, relógio da CPFL, câmeras de segurança, placas e estruturas de metal. Nos últimos dias, pelo menos cinco comércios passaram pelo problema, que se agravou após o início das obras do BRT. Os comerciantes acreditam que as intervenções reduziram a mobilidade do trânsito na região, fazendo com que as viaturas da Polícia Militar e da Guarda municipal evitassem o local.

Nesta quinta-feira, uma clínica odontológica teve sua fiação furtada por duas vezes, em seguida. Na madrugada anterior, os bandidos levaram os cabos do local e a proprietária teve que arcar com o prejuízo. O trabalho que seria concluído na manhã desta quinta-feira teve de ser refeito porque os bandidos retornaram e roubaram novamente a fiação que havia sido instalada. A proprietária da clínica, Andrezza Pessari, teve de mandar instalar uma grade de proteção no relógio da energia para tentar coibir os furtos. Gervásio Hirata trabalha há 30 anos na Avenida das Amoreiras e disse que os roubos e furtos nas imediações já estão sendo vistos com normalidade.

Em nota, a Guarda Municipal informou que mantém as rondas de patrulhamento na região normalmente, sem alteração da rotina. O comando da GM orienta que o registro das ocorrências no plantão policial é muito importante para que os casos possam ser investigados pelas forças de segurança pública. A Polícia Militar também foi procurada, mas não enviou resposta até o fechamento da reportagem.