A viagem do prefeito de Campinas, Jonas Donizette, a Washington nos EUA para participação em um curso na Universidade de Stanford vem sendo questionada pelo vereador Marcelo Silva (PSD).

O parlamentar chegou a protocolar um requerimento para que a Prefeitura responda sobre o custeio da viagem de Jonas, que fica fora do Brasil até o dia 27 de julho. Até lá, Henrique Magalhães Teixeira está como prefeito interino.

No requerimento, Marcelo Silva pergunta se as despesas da viagem são pagas pelos cofres públicos, e questiona também quais os benefícios do curso para a cidade.

A administração municipal divulgou na semana passada uma nota, informando que o convite para o curso foi feito pela Comunitas, organização da sociedade civil que atua no apoio ao desenvolvimento de políticas públicas em todo o Brasil.

Jonas deve aproveitar a estadia em Washington para manter contatos com o Banco Mundial, e buscar financiamento para a obra da represa Nosso Cantareira, além de outros projetos da Administração.

Ainda de acordo com a nota da Prefeitura, a viagem não terá custos ao município.

Já sobre o requerimento, a assessoria de imprensa informou que será respondido ao vereador dentro do prazo e dos trâmites legais.