No quadro Panorama Empresarial deste sábado, Eduardo Santana falou com o empresário Francisco de Oliveira Lima Filho, presidente da Associação das Empresas do Setor Imobiliário e da Habitação de Campinas e Região (Habicamp), sobre a retomada do setor da construção civil na região neste ano de 2019.

Um dos temas abordados foi o aumento do número de protocolos de pedidos feitos por construtoras e incorporadoras pra lançamentos futuros. Nos quatro primeiros meses do ano, houve um aumento de 131%, segundo dados do ao Grupo de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais do Estado de São Paulo (Graprohab), órgão ligado ao governo estadual.

De acordo com o Graprohab, somente na região de Campinas os lançamentos de empreendimentos acima de 5 mil metros quadrados podem chegar a 9.606 unidades habitacionais e loteamentos. O total de unidades em fase de aprovação representa uma alta de 131% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram protocolados um total de 4.165 unidades.

Para Oliveira Lima, o reaquecimento da construção abre um leque muito grande para profissionais e pequenos e médios empresários que trabalham no segmento. “O setor da construção congrega muitas empresas e profissionais, desde a fundação de uma obra, eletricistas, fundação. Lojas e profissionais como engenheiros e arquitetos, sem falar no pós, na entrega da casa, que vai do carro na garagem até os móveis”, explico.

A retomada do setor habitacional, que responde por mais de 9% do produto Interno Bruto (PIB) nacional, também significa a geração de empregos. O presidente da Habicamp lembrou que neste ano, de janeiro a abril, o setor abriu 1.373 vagas com carteira assinada apenas da Região Metropolitana de Campinas.