A vanguarda de Itamar Assumpção

0
75

Francisco José Itamar de Assumpção, paulista de cidade de Tiete de 1949, teve o seu trabalho ligado a uma arte de vanguarda, que simplesmente disse não a industria do entretenimento. Compositor, cantor e produtor musical se destacou na cena independente paulistana durante os anos de 1980  e  90.

Ele fez parte da chamada Vanguarda Paulistana  que produzia e lançava os trabalhos do grupo de forma totalmente independente. O Teatro Lira que  funcionava como epicentro em shows de Arrigo Barnabé, Premê, além é claro de Itamar Assumpção  que não aceitava  o  rótulo Maldito,

Itamar Assumpção que morreu em 2003  tinha em suas  letras como influencia o  poeta Paulo Leminski , todo um discurso  carregado  de um tom  ácido de critica social mas sem perder a poesia como na bela  canção Dor Elegante com participação de Zélia Duncan.

Confira esta edição

 

entre em contato

musicaecultura@cbncampinas.com.br

Produção

Walmir Bortoletto

Edição Paulo Girardi