As três universidades públicas estaduais de São Paulo celebraram, no último dia 15 de agosto, 30 anos de autonomia universitária.

O modelo inédito no país foi inédito instituído por meio de um decreto do governador Orestes Quércia em fevereiro de 1989.

Uma das consequências diretas da adoção desse modelo foi o crescimento da produção científica das instituições públicas de ensino superior de São Paulo.

A proposta agora segundo o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel é transformar o decreto assinado a 30 anos em Lei.

Para tanto os três conselhos universitários aprovaram uma moção solicitando ao Governo do Estado que transforme o decreto em Lei Estadual.

A medida segundo o reitor da Unicamp não vai alterar em nada a crise financeira enfrentada pelas universidades, mas vai garantir uma estabilidade maior no futuro.