Apple volta atrás e diz que parou de ouvir conversas de usuários pela Siri

Há alguns dias, uma reportagem do jornal britânico The Guardian mostrou que funcionários da Apple escutavam conversas privadas gravadas pela Siri, assistente de voz. Após o fato, a empresa admitiu que os colaboradores ouviam menos de 1% do total das conversas, com o objetivo de melhorar o sistema.

Mais recentemente, a Apple se manifestou novamente e informou que suspendeu a audição das conversas dos usuários da Siri. A companhia informou em comunicado que está comprometida em entregar uma ótima experiência com a siri e também em proteger a privacidade do usuário. E que enquanto realiza uma revisão completa, a análise da Siri globalmente está suspensa.

A empresa ainda afirmou que após uma atualização de software, os usuários terão a opção de escolher participar ou não do programa de treinamento da Siri.

Mas, as perguntas que fica são: e as conversas que já foram escutadas? Estas informações foram usadas de alguma forma?

 

Transformação Digital CBN é um programa diário, apresentado pelo jornalista e especialista no mundo digital, Samuel Leite. De segunda a sábado sempre uma nova história sobre como o mundo e as relações humanas podem ser transformadas por meio da tecnologia, inovação e da inteligência artificial.

Você pode receber um episódio novo do transformação digital, todos os dias. Basta assinar nosso conteúdo gratuitamente pelo Spotify ou pelo iTunes. Clique aqui e selecionar a opção seguir para receber automaticamente nossos conteúdos.