Pequena empresa de Campinas fará parte do Conselho de Inovação mundial da HP

O desenvolvimento de produtos ecologicamente corretos entrou na agenda das empresas mundiais há dez anos, motivado pela nova postura dos consumidores em todo o mundo. Essa onda atingiu não somente as grandes corporações. Atualmente, micro e pequenas empresas também têm se movimentado nesta direção, com a estratégia de sobrevivência e de atender o mercado consumidor.

Um dos casos no mundo das micro e pequenas empresas é a F5 Comunicação Visual, empresa instalada em Campinas. Logo no inicio desse movimento, a empresa fundada por Felipe Selegatto viu a necessidade de se antecipar ao futuro e passou a apostar na impressão de materiais ecologicamente corretos e com baixo teor de contaminação.

O pioneirismo e a sensibilidade do empresário, em se antecipar às mudanças que o consumidor imporia ao mercado, acaba de ser reconhecido pela multinacional HP. A F5 Comunicação Visual é uma das 12 empresas mundiais escolhidas para fazer parte do conselho mundial de aplicação da tecnologia da gigante mundial.

“Acreditamos neste projeto desde o começo e fomos pioneiros em Campinas e em todo o interior. Fizemos vários testes ao longo do tempo. Recebemos os executivos da multinacional, que viram que estávamos com cuidados para fazer com que a máquina pudesse desenvolver materiais ecologicamente corretos”, conta Felipe em entrevista ao Programa Um a Um com Eduardo Santana. “Fomos atrás de substratos, de materiais diferenciados. Foi quando a gente recebeu o convite para fazer parte do conselho mundial, formado por 12 empresas do mundo, com faturamento gigante. Fizemos muitas coisas que outras empresas não fizeram. Hoje somos reconhecidos”, orgulha-se.

O empresário diz que este conceito de ecologicamente correto, hoje em evidência, na área gráfica surgiu pelas mãos da própria HP e a F5 foi pioneira a utilizar a tecnologia Latex. “Temos uma infinidade de produtos, com qualidade e durabilidade maior. O custo hoje se tornou mais acessível”, conta.  E explica que os novos produtos não têm cheiro, não causam alergia, são duráveis e feitos de maneira mais sustentável. “O consumidor final tem a necessidade de buscar este conceito Eco Family”.

O fato de fazer parte de um conselho formado por gigantes do setor é um fato que enche o empresário de orgulho. E ele dá uma dica aos micro e pequenos empresários que sonham crescer. “Confie em seu potencial que com certeza você vai ter sucesso”, ensina.

Se antecipar a tendências tem rendido frutos à empresa, na forma de crescimento e reconhecimento. Porém, Felipe ressalta que o empresário que almeja crescer precisa investir em relacionamentos, em networking. “Esta ferramenta é fundamental e faz toda a diferença”, conta. O networking aplicado de forma correta e profissional faz com que o faturamento de empresa triplique.

Da noite para o dia e faz com que você tenha diversos braços comerciais e pessoas transferindo a reputação da sua empresa para outros colaboradores.

“Começamos há três anos no BNI. Hoje o faturamento (por indicações de referência) representa 30% de ações e contatos dentro da organização. Éramos oito colaboradores e hoje estamos em 30. Triplicou nosso tamanho. Isso mostra eficiência da ferramenta, do método”, conta Felipe. “A cada dia que passa vemos a necessidade de termos mais relacionamento. Estamos aculturados e sabemos que dá retorno”, finaliza.

Texto: Marcelo Oliveira – Assessoria de Imprensa do BNI Planalto Paulista

Quer saber mais sobre a história da F5 Comunicação Visual e a história inspiradora de seu fundador? Acesse o podcast na íntegra com a entrevista de Felipe Selegatto no portal programaumaum.com.br