A Concessionária Rota das Bandeiras deu início às obras de duplicação da Rodovia dos Agricultores, que faz a ligação entre a região do Capuava e o km 122 da rodovia D. Pedro, em Valinhos. No total, serão duplicados pouco mais de 04 km de rodovia, o que ampliará de forma significativa a segurança dos cerca de 15 mil motoristas que circulam diariamente pela via. As obras terão um investimento de R$ 35,8 milhões, totalmente custeados pela concessionária.

Além da duplicação, o trevo que faz a ligação da Rodovia dos Agricultores com a D. Pedro I será remodelado. Será construído um retorno em nível no km 1, no acesso ao Parque Portugal, e a implantação de uma ponte no km 0, necessária para a transposição da pista duplicada. Mesmo com a complexidade da obra, não haverá necessidade de intervenção no trânsito neste primeiro momento. A duplicação da Rodovia dos Agricultores é um pedido antigo de motoristas que utilizam a via diariamente, por questões de segurança. Alguns acidentes graves já foram registrados no trecho, como o que matou o jornalista Marco Benatti, em 2016. De acordo com o gerente de obras da concessionária Rota das Bandeiras, Rafael Pini, a segurança dos usuários da rodovia é prioritária.

Durante os trabalhos, a Rota das Bandeiras também realizará a restauração do pavimento atual da rodovia. Portanto, quando a duplicação for entregue, toda a via contará com asfalto novo. Segundo previsto no Contrato de Concessão do Corredor Dom Pedro, as obras devem ser concluídas em março de 2022.