Frente na Câmara quer ampliar combate ao abuso sexual

Foi lançada em audiência na Câmara de Campinas, a Frente Parlamentar contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Criado pelo deputado estadual Roberto Alves, do Republicanos, o grupo discutiu várias formas de violência e agressão contra vulneráveis.

Durante a fala, Alves usou dados do Disque 100, do Governo Federal, para ressaltar que muitos casos ainda precisam ser notificados. Além disso, alerta sobre os riscos existentes no meio familiar e afirma que o medo costuma retrair as vítimas e impedir as denúncias.

O objetivo da Frente é fortalecer o diálogo entre segmentos da sociedade para informar, prevenir e reduzir os casos de abuso infanto-juvenil. O debate foi presidido pelo vereador Fernando Mendes, também do Republicanos, e teve também participação de especialistas.

A presidente do Instituto Padre Haroldo, Lúcia Decot Sdoia, integrou a mesa e fez uma apresentação sobre o trabalho da entidade na cidade. Para ela, o avanço na política de assistência voltada para crianças e adolescentes reduz os casos de exclusão e dependência química na vida adulta. Participaram ainda o coordenador de Prevenção, Correção e Informações Funcionais, Carlos Longuini e a professora doutora de Ciências Médicas pela Unicamp e Ginecologista, Daniela Angerame Gomes.